Follow by Email

sábado, 23 de abril de 2016

O Minimalismo dos 83.



A beleza da vida está na simplicidade. Na pureza de alguns sentimentos.
É no coração minimalista da família que conseguimos resgatar essa clarividência...
Foi dessa forma comemorar os 83 anos de uma mãe e avó que fez tudo, dentro de seus limites.
Uma avó que aceita as besteiras de um neto bocudo, as loucuras de uma filha inquieta, o amor do jeito que ele vem, das duas filhas, duas netas e um neto. É o que ela tem.
No aconchego do mar, sendo amparada, pois as pernas já não resistem à força das marolas nem à areia fugindo dos pés... foi assim que ela viveu intensamente seu dia.
Com as ondas ao fundo, conversou com o neto que está num lugar que ela nem imagina como seja.
Soprou velas de chocolate.
Quando o dia se foi e sua família voltou para São Paulo, (acredito!) ela se sentiu bem e, exausta, dormiu em paz.

Para esse dia, para esse momento, há de se ter uma música!
 "O Amanhã Colorido" - Pouca Vogal




Nenhum comentário:

Postar um comentário